Transformação

Cada dia me deparo com um novo desafio, 
uma nova vida, 
um novo momento e um processo constante de transformação. 
O carro para, 
o avião passa, 
os rios sujos e a nevoa sobre a Baia da Guanabana não escondem a beleza das borboletas que voam, 
o desabrochar das flores nos canteiros do asfalto,
os caminhos que me levam a búzios e as estradas tortuosas da serra, 
a inesperada noite do Bistrô, 
a ingenua pergunta de um aluno, 
os olhos d´alma da querida companheira, 
o encanto dos flocos de algodão no céu, 
o transito caótico da Brasil, 
o novo projeto, 
a desavisada beleza que desfila na calçada, 
a conta no fim do mês, 
o contracheque, 
o tiro perdido na página do jornal, 
a criança de mãos ao ar, 
a greve, 
a poesia amorosa do português, 
o mergulho noturno de chopim, 
e o ritmo alucinado dos havaianos, 
o cinema... paradiso 
e a certeza do amor no sorriso de minha filha.  
Eduardo Prates

6 de Junho de 2011

Comentários

Postagens mais visitadas