Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

O dia da Baixada: duas estagiárias e um idealista

Imagem
Corria a virada dos anos noventa para dois mil quando conheci o professor Paulo Manhard, confesso que a primeira impressão foi muito engraçada, no meio das conversas ele tirava uma leve cochilada. Já tinha estado com ele em anos anteriores por conta do movimento estudantil e do Instituto de Educação Roberto Silveira, que, também, abrigava a faculdade de pedagogia da UERJ na Baixada. Esta história por si só é uma longa história. Porém, estava morando ou frequentando a Vila São Luís quando decidiram transformar um CIEP da Vila na faculdade de Educação da Baixada Fluminense. Para época foi mais que um reboliço, foi uma conquista e é uma das mais importantes da Baixada. De novo confesso, que apesar de estar tão próximo de tudo que via, ainda era muito envolvido com a UFRJ - que sempre foi uma espécie de casa para mim, literalmente. Fui um alojado e, portanto, carrego os prazeres e desprazeres de ter esta instituição em mim. Foram anos prazerosos de aprendizagem e vida. E não via o quanto …

Uma rosa para Dilma

Imagem
A presidenta teve acertos e erros, como todos os seres humanos, mas sua honestidade é reconhecida por amigos e adversários como ímpar. Como liderança de um país ninguém quer contabilizar erros e o que se espera é o somatório dos acertos, mas o jogo político e econômico é marcado por altos e baixos e o que define sobre quem fica ou sai é a base que constrói ao longo do tempo. Se esta base política faltou a presidenta, não tem faltado manifestações de carinho e até gestos de quem está, aos poucos, recobrando uma certa lucidez.
Infelizmente os ativos eram podres e o que foi um dia à sustentação do governo virou um teatro de bizarrices com deputados traindo a presidenta em nome de Deus, dos filhos, dos netos e da família. Os interesses privados sobrepôs, mais uma vez, aos interesses públicos e o clientelismo e o voto de cabresto foi exposto como uma ferida aberta e fétida de nossa estrutura política alimentada por um congresso que reproduz vícios de cima para baixo e de baixo para cima.
Pas…

Reflore-se para a Vida

Imagem
A luta é grande e ocorre em diversas frentes. Este movimento é um dos mais bacanas que tenho participado.  O Reflore-se é um movimento que tem por objetivo recuperar áreas públicas de nossa cidade. As ações são pontuais e envolve outros movimentos e cidadãos em busca de um processo de transformação pessoal e de toda a sociedade. Neste fim semana fizemos uma ação em Santa Cruz da Serra (Duque de Caxias), na rua do Carvão, esquina com a Automóvel Clube. Entrada do Barro Branco.
O movimento acabou por receber diversas denúncia da comunidade. A mais grave é que, além do aumento da violência e do abandono do poder público, existe uma mina de água que está sendo explorada de forma indiscriminada e que já está afetando a vida dos moradores que só tem o poço artesiano para ter água. O Rio Lílico está morrendo. A denúncia é grave e exige a presença de fiscais municipais, estaduais e federais. Moradores informaram que há um deputado federal explorando a área também e que uma das indústrias dele na á…

Reflore-se para a vida

Imagem
O momento é um dos mais desafiadores do país. Os impactos da decisão deste fim de semana será direto sobre os caminhos da nossa democracia. A disputa política está tão acirrada que tornou - se pauta internacional. E em meio a este processo de colocar às viceras do país expostas ao mundo, aqui em Duque de Caxias chamamos atenção para os compromissos que a cidadania nos impõe: chamar atenção para o processo de devastação da mata atlântica e das reservas florestais da Baixada Fluminense.
Venha Reflorestar à vida onde todos acreditam que só a violência e pobreza.